Beleza Light & Diet

NOVA Saga da Gordinha

Olá, saguetes! Tudo joia?

Hoje eu vim contar pra vocês as novidades da #sagadagordinha, aquele meu projeto de emagrecimento eterno e a luta contra a balança, depressão e ansiedade. É… como já falei várias vezes é uma luta pra vida toda, pois a genética/cabeça de gordo são coisas que a gente não muda, mas consegue controlar com muito esforço e determinação.

Meu peso é uma sanfona desde que me entendo por gente… Sabe aquela gordinha que se você abraçar forte toca forró? Tipo isso. Chego a mudar de manequim em uma semana – pra mais ou pra menos e isso é terrível pra minha saúde.

Tenho alguns problemas que, aliados à compulsão alimentar, são péssimos para a perda de peso: depressão, ansiedade, insônia crônica e estresse. Ok..quem não sofre disso hoje em dia é uma abençoado, né? kkkkk Essas doenças da modernidade atingem a maioria da população. Deixei que elas tomassem conta da minha vida por diversas vezes, não é fácil lutar contra tantos fantasmas e, aos poucos, a gente vai se entregando, se acomodando, se acostumando às pequenas infelicidades e frustrações da vida e esquece que tudoooooooooooooo – pro BOM ou pro RUIM – só depende de nós.

Em todos os momentos de dificuldades eu engordo… Isso é uma realidade desde os meus 8 ou 9 anos. No último anos eu casei, passei a administrar uma casa, um marido – à distância -, viver numa mala pra lá e pra cá, arcar com despesas financeiras que nunca tive, trabalhar o equivalente a um mês em apenas uma semana, lidar com inúúúmeros problemas familiares sérios – entre eles a leucemia de Maria. Não foi fácil, aliás, não está sendo.

Mas …. ok, passada a fase do drama, do desespero, da insegurança e tudo mais, é hora de retomar as rédeas da minha vida, da minha saúde e compreender/aceitar essa nova realidade que agora faz parte de mim. Tenho que esperar a tempestade que se forma no meu coração ir acalmando pra poder tomar algumas decisões e chegou a hora de recomeçar a #sagadagordinha!

Uma noite qualquer eu recebi uma mensagem no whatsapp… Era Larissa Rolim, responsável pelo marketing/redes sociais de uma das melhores profissionais de educação física de Pernambuco: Lucélia Almeida. Elas me procuraram pra pensarmos numa forma de trabalharmos juntas e aquilo pareceu um sinal de Deus na minha vida… Sabe quando ele fala ¨É a hora… levanta e sai dessa depra, minha filha¨? hahahahhahaa Foi bem assim.

Tivemos uma reunião e expliquei as maiores dificuldades que enfrento pra conseguir levar uma rotina saudável…a maior delas, quando estou em Recife, é a falta de tempo; quando estou em Teresina é a falta de orientação. Como só passo uma semana por mês em Recife, não consigo arranjar tempo pra me arrumar, pegar um trânsito básico, ir treinar, voltar pra casa com outro trânsito básico pra tomar banho/lavar e escovar o cabelo, me maquiar e aí poder começar o dia…. Eu até conseguiria se acordasse às 5h ou 6h da manhã, mas, como já disse antes, tenho uma insônia crônica que não me deixa dormir antes das 3h.

Lucélia se prontificou a me treinar na academia do prédio de mainha… a gente combina um horário que dê pra conciliar a agenda das duas e em 40/45 minutos eu faço o treino mais pesado que já realizei na vida. Não tem mimimi, não tem boquinha, não tem intervalo de 5 minutos pra olhar o celular… é foco total. O mais legal é que ela sabe, como ninguém, a dificuldade que é ser gordinha.. Lu perdeu 17Kg há menos de um ano com a ajuda da nossa nutricionista Cynthia Milet. É muito legal treinar com alguém que sabe todas as pedras do caminho.

_MG_9915

Depois de iniciarmos os treinos fui me consultar com Cynthia Milet pra que ela pudesse fazer uma dieta personalizada pra mim e me ajudar a compreender por que, mesmo fazendo dieta e exercícios, eu não conseguia emagrecer. Cheguei a fazer exames de sangue e ir ao endócrino pra ver se era algum problema de tireóide pois sinto um cansaço absurdo, muito sono, nenhuma vontade de sair, um frio dos alpes mesmo morando em Teresina, etc etc etc.

Fiz um teste na maquininha que lê o corpo … e, pasmem: tenho 52 anos de idade metabólica. Ou seja, meu corpo está lento, quase parado e fica extremamente difícil emagrecer nessas condições. Por isso, mesmo tendo feito a dieta da proteína pura por mais de 7 dias eu não consegui perder nem um quilo. Resumindo: tô podre por dentro! kkkkkkkkkkkkkkk

_MG_9910

Segundo a nutri, meu corpo está em processo de inflamação e com o metabolismo muito ruim, por isso nenhuma dieta que eu fizesse [ depois das inúmeras tentativas de uma vida inteira] ia surtir efeito. Ela passou um cardápio detox pra eu seguir por 15 dias e depois voltar pra ela passar a dieta REAL que devo fazer.

O detox é chato, é sofrido… Sem glúten, sem lactose, sem gordura, sem açúcar, sem doce, sem fritura…ou seja: sem vida, sem gosto! kkkkkkkkkkkkkk Brincadeira… Tô comendo bem e o cardápio é à base de frutas, verduras, frango, peixes em geral, tapioca, cuscuz, arroz, chia, chás, etc. Espero que dê resultado porque ficar 15 dias sem chocolate tá sendo uma luta contra Mike Tyson.

_MG_9911

Claro que quero resultados rápidos – quem não quer? Mas depois de tanta burrada feita em nome da vaidade, a prioridade é a saúde. Tenho 29 anos e quero chegar aos 30, em janeiro de 2016, num corpo melhor, mais saudável, com mais disposição física e mental. Tenho certeza que, com a ajuda dessas duas feras, eu vou conseguir!

_MG_9924

Depois que minha irmã mais nova e minha mãe viram a empolgação pra uma vida mais saudável já se matricularam com ela e marcaram a consulta pra nutri. Agora a família Alcoforado está, oficialmente, FIT! Essa corrente de saúde pega… é sério kkkkkkkkk

_MG_9925    _MG_9932

E aí… quem topa encarar mais esse desafio comigo??

Lucélia Almeida: IG @luceliaalmeidapersonal | personal.lucelia@gmail.com

Cynthia Milet: IG @cynthiamilet | 81 34660107

Fotos: Francisco Andrade

Sobre a blogueira

Cuca Amorim

Formada em design de moda, advogada não praticante, vivo de dieta, adoro preto e branco, azul e vermelho. Acho que simplicidade é a chave para a elegância, principalmente ao lidar com as pessoas. Sou perua de carteirinha, não saio sem maquiagem e o secador é a minha terceira mão. Uso esse espaço pra trocar experiências sobre o universo feminino, mostrando que para se vestir bem é preciso ter mais informação que dinheiro.